Como funciona o Sistema de Seleção Unificada?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi criado pelo Ministério da Educação, onde através da informatização as instituições públicas de ensino superior podem ofertar vagas para alunos que realizaram o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Quem for bem no Enem e estiver com uma boa classificação é selecionado.

Como funciona?

O Sisu permite que o candidato escolha até duas opções de curso de graduação, onde uma é a principal e a outra fica como uma alternativa. O candidato pode alterar entre estas opções durante a inscrição na universidade.

Todas as vagas seguem a Lei de Cotas 12.711/2012, onde as instituições também poderão ofertar vagas de acordo com um bônus instituído e definido conforme a nota do candidato para determinados cursos.

O que é nota de corte no Sisu?

Cada curso conta com a sua média de notas. Alguns por serem muito concorridos como medicina, por exemplo, os candidatos precisam de uma nota maior para concorrer as vagas.

A nota de corte é determinada através do número de vagas e total de inscritos para um curso. Alunos que ficarem abaixo desta nota mínima não serão selecionados.

Ela funciona como uma referência. Através dela você pode saber para qual curso esta apto para participar da seleção durante a inscrição.

Primeira e segunda escolha

O Sisu permite a escolha de até duas instituições. Quando o mesmo é selecionado na primeira ou segunda opção, só terá uma oportunidade de realizar a matrícula, por isso é fundamental estar atento aos prazos de inscrição.

Se for selecionado em uma das duas opções, não será possível participar da lista de espera. E perder o prazo faz você perder as vagas do Sisu deste ano.

Lista de espera

Quem não foi selecionado em nenhuma das duas opções escolhidas durante a chamada regular, poderá manifestar o interesse de participar da Lista de Espera.

O candidato deverá manifestar o seu interesse através do boletim Sisu, na página do candidato. Também há um prazo para inscrições na lista de espera.

Mas não será possível escolher novamente as duas opções, ficando limitado a apenas uma da fase de inscrição.

Durante este processo de espera, o candidato vai precisar acompanhar regularmente a instituição onde pretende cursar e ficar atento aos prazos e convocações para a matrícula.

Como se inscrever?

Durante o período de inscrição o candidato deverá acessar o seguinte endereço eletrônico:

Então clique na opção “Fazer Inscrição” e insira o número de inscrição do Enem (ano anterior). Insira também a senha usada para fazer a inscrição no Exame Nacional.

Faça a inscrição das vagas pesquisando-as por nome do município, nome da instituição ou nome do curso.

Conheça todos os detalhes das vagas e confirme o interesse. Faça isso com as duas opções pretendidas.

Deixe um comentário