Livros didáticos: FNDE contará com sistema de reserva

O FNDE, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, iniciou no último dia 10 de maio o projeto de reserva técnica para livros didáticos extras. Porém a partir do próximo dia 18 de junho é que as escolas terão acesso ao sistema.

O Fundo Nacional está vinculado ao Ministério da Educação (MEC), onde iniciou esse programa visando a necessidade que surgiu neste ano de 2020 para pedidos de livros didáticos.

O sistema foi desenvolvido e estará disponível para que as secretarias de educação possam avaliar as demandas não atendidas durante os remanejamentos das escolas.

Prazos

Até o próximo dia 16 de junho as secretarias de educação de estados e municípios, poderão validar os pedidos. Todos os realizados em 2020 foram migrados automaticamente para a plataforma.

A reserva de material didático tem a finalidade de auxiliar as escolas que não supriram a demanda, mesmo com o remanejamento dos livros de anos anteriores oferecidos aos alunos.

Enquete sobre datas do ENEM 2020 será feita pelo INEP entre 20 e 30 de junho!

Todo o gestor escolar que necessitar de novos livros, deverá fazer a solicitação através do programa.

Entre 18 e 26 de junho de 2020 todas as escolas estarão com o acesso liberado para fazerem novas solicitações. E até dia 30 de junho o mesmo estará aberto para que as secretarias de educação validem as novas demandas.

Mas há um limite nos novos pedidos, onde o mesmo deve ser de até 3% a mais do que já está pré aprovado para a instituição de ensino.

Manual do sistema de reserva técnica

Quem acessar o site fnde.gov.br poderá baixar o PDF sobre o sistema de reserva técnica.

A entrega dos materiais só será feita após a reabertura das escolas após o período de isolamento social.

Deixe um comentário