Tempo de Aprender: Conheça o programa e seus eixos

O Tempo de Aprender é um programa criado pelo Ministério da Educação, cujo o objetivo é combater os principais problemas na alfabetização do Brasil.

Ele foca na alfabetização abrangente, com sistemas de enfrentamento à falta de formação pedagógica e gerencial de gestores e docentes. Também com relação a falta de materiais e outros recursos para professores e alunos.

O Tempo de Aprender também faz o acompanhamento na evolução dos alunos, encontrando possíveis problemas na educação.

Ensino no Brasil

O programa foi criado para enfrentar os principais problemas de alfabetização desde a pré-escola até o primeiro e segundo ano do ensino fundamental, tanto nas redes públicas distritais, municipais como as estaduais.

Esse projeto faz parte das diretrizes de Política Nacional de Alfabetização (PNA).

Oferece apoio pedagógico, aprimoramento de avaliações, formação continuada de profissionais bem como a sua valorização na alfabetização.

Sisu: Dúvidas frequentes sobre a inscrição.

Eixos do programa Tempo de Aprender

Esse programa foi criado com base no diálogo, onde o Ministério da Educação fez diversos debates com docentes, acadêmicos, secretários, professores, diretores, coordenadores pedagógicos e outros que estejam envolvidos com a educação no país.

Houve também a participação de diversos parceiros como a Universidade Federal de Juiz de Fora, UFG, o FNDE, Capes, INEP, ENAP, U.Porto e também o P.Porto.

Todo o programa é constituído por eixos. No total eles são 4:

Eixo 1

Tem por objetivo manter a formação contínua dos profissionais de alfabetização.

Eixo 2

Oferece apoio pedagógico para alfabetização no país.

Eixo 3

Este eixo é destinado para o aprimoramento dos métodos de avaliações durante a alfabetização.

Eixo 4

Já este é focado na valorização dos profissionais de alfabetização.

Para quem deseja conhecer mais sobre o projeto Tempo de Aprender, bem como os valores e ações investidos em cada um dos eixos acesse:

Por lá é possível também fazer a adesão ao programa como Secretário de Educação ou professores.

Deixe um comentário